domingo, agosto 09, 2009

R$1 + R$1 = bolso vazio!

Eu tava procurando um presente pro meu pai para presenteá-lo nessa data capitalista com muita dignidade quando meu cérebro entrou em pâne total e meus órgãos decretaram falecimento súbito coletivo. Gente, eu nunca vi tantos preços altos, tantos zeros em frente a vírgulas, tanta foto do Rodrigo Hilbert na C&A. Ah, criançada, eu não sou o filho do presidente não; alguém avisou isso pra eles? O destino do meu dinheiro se limita a ajudar as iguanas da Costa Rica, as crianças mudas e telepáticas da África e a caixa que eu tenho guardada atrás de Machado de Assis, quer dizer, dos livros dele. Bastou uma ida ao centro da cidade e pluft, plaft, zum (não vai a lugar nenhum...): foi-se o dinheiro do brasileiro. Uma cueca de 29,90? Não, prefiro a anarquia das peças íntimas. Grato! E o preço das calças jeans que foram costuradas pelas monjas cegas, surdas, mudas, paralíticas e com insuficiência cardio-respiratória no alto do pico das Agulhas Negras na selva amazônia, então? Sim, porque essa me parece a única razão dos preços das cousas do mundo atingirem a cabeça do Cristo Redentor! Eu tive que me contentar com um perfume modesto mesmo pra não despencar da linha da pobreza individual. Coloquei-o no fundo da mala do meu pai - que viajou para Porto Seguro à trabalho, comofas - e com um papel de: "Pai, você foi o melhor pai que eu já tive, bjsmil" (ps: é sério!) e pronto. O bagulho tá feito e eu não tenho responsabilidade nenhuma mais para vangloriar o templo do consumo dessa simple life and life. Oh, diáfana vida tirana...

16 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Depois eu que sou a exagerada neah. foi um texto super dramático sobre presente de dia dos pais!

    Eu morro de rir aqui!

    bjos
    ;**

    ResponderExcluir
  2. Eu disse pro meu pai que ele é meu pai preferido.
    Ele olhou pra minha mãe assustado. Hahaha

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. hahahah sempre caro mesmo as coias bert....normal mesmo...o mundo capitalista que vivemos se vao a isso...mas vc comprou ne...
    Dr dramatico....

    aa nem quis opinar ne la da frase..hehehe....c vai ver vo citar seu nome no prox post por isso...hehehehe

    abraçosmil

    ResponderExcluir
  4. você devia fazer o mesmo trato que eu fiz com a minha mãe:
    O dinheiro que eu gastaria com o presente, ela paga e se um dia eu for coloca-los num abrigo, vou escolher um bonitinho e arrumado!
    Simples :D
    Beijokasss

    ResponderExcluir
  5. Adorei... seus textos são os melhores!

    ResponderExcluir
  6. 'Oh, diáfana vida tirana'! O presente do meu pai custará o preço de uma ligação interurbana de pouco mais de 5 min. /comofaz
    Mas você, é um Sr. Dramático, os preços ainda não chegaram a cabeça do nosso Cristo Redentor, talvez ao pé do morro quem sabe. ;)

    Adorei o texto, ;*

    ResponderExcluir
  7. Gente que dramatico... huahua
    Eu ainda não comprei presente para eu pai.
    Vou comprar hj, mais tarde hehe. Mas, vou fazer um café da manhã para ele. Chique neh?
    Amei aqui, abraços.

    ResponderExcluir
  8. Poxa, bela homenagem a seu pai. Acredito que será uma baita surpresinha, rss.

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. O bilhete com certeza é o melhor presente.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  10. Ah, sei bem como é.
    Mas como aconteceu algum problema cm meu salario (por problema, leia-se sumiço) eu dei um abraço no meu pai e disse pra ele que o que importa é a presença (aquela resposta mentirosinha quando alguem vai na tua festa sem levar presente) e que ele devia lutar comigo por um mundo mais justo e socialista, porque assim todos os pais teriam bons presentes :B

    Coitado! HAHAHAHHA

    ;**

    ResponderExcluir
  11. pluft, plaft, zum (não vai a lugar nenhum...) ADOOOOOOOOORO ESSA MÚSICA! HAHAHA.
    As coisas ultimamente andam muito caras -.-

    ResponderExcluir
  12. Essa historia das iguanas e das crianças ja ta ficando cansativo. #dica

    E as cuecas de 30 reais são as melhores!!! \o/

    Curti o bilhete. hehehe... original.

    ResponderExcluir
  13. IUAHSUIHAUISHAIUH
    pelo menos você deu alguma coisa.! eu não dei nada, e acho que nem vou falar nada tambem, eu briguei com ele, u.u

    ResponderExcluir
  14. Duas partes que me fizeram chorar de rir "as crianças mudas e telepáticas da África" huauhahu e "monjas cegas, surdas, mudas, paralíticas e com insuficiência cardio-respiratória no alto do pico das Agulhas Negras na selva amazônia" Muito sem noção, mas hilário huauhuhahuau E sobre o dia dos pais, vc ainda comprou o presente do seu. Aqui em casa eu não dou nada pro meu pai até porque sempre achei essas cousas (muita leitura de textos antigos) muito palhaçadas. Não gosto mesmo. Não dou presente, não dou não dou. Não sou pão duro, mas não gosto da ideia de dia dos pais ou dia das mães, pra vc ter ideia eu nem gosto do natal. Cara como eu sou uma pessoa triste huhuauh

    Abração, Bertonie!!!


    Valeu garoto

    http://renanbarretoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. É realmente incrível como as coisas andam tão caras ultimamente... vida de universitária-sem-estágio é dureza... não comprei nem um cartão barato do camelô pro meu pai... minha mãe comprou uma calça pra ele e eu entreguei!rsrsrs Tadinho...
    Bjo!

    ResponderExcluir
  16. SHUASSHAUSHUASUSHUAHUAS'
    Bertonie, só você mesmo pra descrever os preços altos de um modo tão dramático :) Fiquei com dó de ti porque, caramba, os controladores desse mundo capitalista tem que entender que as iguanas da Costa Rica precisam de ajuda! SHAUSHAUSHAUSHASU'
    Adorei você indicando a produção do jeans {monjas cegas surdas e etc.}. Bertonie, daonde você tira essas discrições tão detalhadas e tão hilárias? Você sabia que as pessoas me encaram com um olhar estranho quando eu começo a gargalhar na frente do computador?
    SHASUAHUAHSUAHASUHASU'
    Adoro teu blog, adoro teus textos. Não pare de escrever nunca, ok?
    Beijos de uma bloggeira, amiga e meio fã, confesso :X ;*

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar; você fez uma criança feliz :D