quinta-feira, agosto 06, 2009

Opa, tô bêbado!

De repente as coisas perderam o significado. Algo as tirou do lugar, não sei. Só sei que nada sei. Minto; sei que estou perdido. Estou mais confuso que um camaleão em frente a um arco-íris. Sei que a comparação não é boa, mas é válida nesta enxaqueca que me entorpece as carnes. Minto mais; a enxaqueca não existe, é fruto da minha tola imaginação para eu tentar fugir e desviar os pensamentos das dúvidas. Dúvidas idiotas. Em cada frase que penso há no final uma interrogação. Droga! Venderei então a minh'alma para acabar com esse problema: a melhor oferta leva... Ou não!
Voltemos agora a programação normal...

17 comentários:

  1. Nunca vi tal descrição pra pensamentos comfusos. ADOREI.
    beijos.


    http://viajoemsonhos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Bem, então faremos nosso clube! Parece que eu e você estamos na mesma. Dúvidas, porque elas sismam de existir. /perguntaretórica. xD
    Te dou um abraço por sua alma, serve?

    ResponderExcluir
  3. Oops, cismam. xD
    Odeio esses fonemas iguais.

    ResponderExcluir
  4. Totalmente viajado este post. Desvanear assim faz muitoo bem.

    Ow, me add lá no seguidores também. Valeu pela visita também.

    Depois me add no msn tb

    abraçoo

    ResponderExcluir
  5. Gostei da descrição; ah eu tou gostando dos seus textos. Beijo. até o próximo.

    ResponderExcluir
  6. Momento prosa/poesis contemporânea:"mas é válida nesta enxaqueca que me entorpece as carnes."

    Atóron esses seus mimimis pra escrever.
    Seus tetos (alguns) estão cada vez mais Machadianos.
    Vai na fé Bert.
    A ABL te espera...De blogueiro a imortal.
    Imagineas manchetes: "Garoto prodigio bahiano ganha o mundo com literatura mimimi".
    bjundinha.

    ps:que tipo de pessoa responde um comentário com uma lista de 50 coisas?
    Vc escreveu aqui no word né?
    Atóronnn! ¬¬'
    Sutil e subjetivo como um filhote de elefante rosa.

    ResponderExcluir
  7. Menino estranho, muito estranho...kkkk
    Dúvidas, cuidado para não bitolar de vez e fazer postes e cavalos de analista.
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Nossa como você está confuso! rsrs

    ResponderExcluir
  9. Faça o seguinte: procure alguém, faça todas as suas perguntas para essa pessoa. Se ela não responder o que você quer ouvir, critique-a por não te entender, desconte a sua raiva :) Eu faço isso, funciona...

    E que foto fofa *-*

    Beeijo ;*

    ResponderExcluir
  10. Acabei de ler um post bemmm legal num blog, que pode te ajudar de alguma maneira. Sabe aqueles textos que fazem a gente pensar: "sera' que o louco sou eu ou aquele que se considera normal?"

    Aqui: http://quasetudoquasenada.blogspot.com

    Post do dia 6 de agosto.
    :)

    ResponderExcluir
  11. Meio complexo, mas pela a tua alma, ofereço uma coca-cola dois litros...

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade e talvez verdade...

    Fique com Deus, menino Bertonie.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Boaaa...dúvida é assim mesmo deixa agente com crise existencial,complexo de Machado de Assis e vontade de tomar uma overdose de barbiturnicos(oi?)...oops,empolguei-me...
    ótimo texto...
    bjbjbj

    ResponderExcluir
  13. A última que vendeu a alma foi a da Meg, do desenho Hércules.
    Ela só se f*deu no filme.

    Não faça isso Bert.
    E não me mate com uma faca de cozinha também

    :)

    ResponderExcluir
  14. Mais confuso que um camaleão em frente ao arco-íris... SHAUSHAUSHASUAHUASHU'
    Desculpa, não aguentei :D
    Bertonie, só você mesmo pra enrolar tanto pra dizer que está confuso. Quer dizer, você disse que está confuso de um modo confuso... tem até certo sentido :)
    Adoro teu blog, adoro teus textos, e aguardo mais, seja aqui, no Hotel de Papelão ou em Disparos Mentais :P
    Beijos e não venda sua alma por uma mixaria :*

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua descrição para o seu estar confuso.
    Até eu fiquei agora

    ResponderExcluir
  16. Ai as dúvidas... elas me perseguem. Uma das coisas que mais odeio em mim é essa capacidade de permanecer em dúvidas. Mas um dia a gente ganha a maturidade necessária pra resolvê-las.

    Esses devaneios foram muito bon. Tu realmente tens talento!

    :D
    bjs
    ;**

    ResponderExcluir
  17. Pela tua alma eu não ofereceria nada... o que eu iria fazer com uma alma que não é minha?! Se tudo o que você pensa tem uma interrogação no final, melhor pra nós, leitores!rsrs Pq significa que está vivo e que ainda tem muito mimimi pra escrever aqui!
    Bjo!
    lembre-se: as perguntas movem o mundo, e não as respostas. ;)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar; você fez uma criança feliz :D