quinta-feira, janeiro 27, 2011

Dia 4: Artista (cantor(a), escritor(a), ator/atriz, whatever) favorito.


Clarice Lispector é uma coisa escondida sozinha num canto, esperando, esperando. Clarice Lispector só toma café com leite. Clarice Lispector saiu correndo correndo no vento na chuva, molhou o vestido perdeu o chapéu. Clarice Lispector é engraçada! Ela parece uma árvore. Todas as vezes que ela atravessa a rua bate uma ventania, um automóvel vem, passa por cima dela e ela morre.
Fernando Sabino
Vivo em escuridão de alma, e o coração pulsando, sôfrego pelas futuras batidas que não podem parar. Mas uma ou outra frase se salva das trevas e sobe leve e volátil à minha superfície, então anoto aqui.
 Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.
 Gosto do modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno voo e cai sem graça no chão.

6 comentários:

  1. ai Bert,você é muito culto pra mim.
    UAHSUIAHSUHAUSHAUIH,porque toda raça masculinha não poderia ser assim?,porque eles insistem nos jogos de arminhas,e futebol,Clarice é tão mais interessante

    ResponderExcluir
  2. E todos nós acabamos tendo momentos Clarice.

    ResponderExcluir
  3. Eu preciso ler mais ela. Porque o que ela escreve sempre acaba se encaixando com algum momento.
    É que nem Martha Medeiros. Maravilhosa.

    Beijos moreno! ^^

    ResponderExcluir
  4. ai Bert,você é muito culto pra mim.
    UAHSUIAHSUHAUSHAUIH,porque toda raça masculinha não poderia ser assim? (2)
    hihi, e nossa, você passando no meu blog! o que aconteceu?

    ResponderExcluir
  5. Clarice, sem comentários. Minha preferida desde paixão segundo GH, em 2005, no segundo ano do ensino médio. Não largo desde então :)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar; você fez uma criança feliz :D